Home

A questão da aplicação da tecnologia da informação aliada a automação industrial, decididamente é compulsória, se não for dada a partida agora para essa inovação, fatalmente ela o será num futuro bem próximo, e aí já com muitos prejuizos.

Os mercados extremamentos competitivos e cada vez mais exigentes,  é que determinam o preço final de cada produto fabricado. Quem não estiver, tecologicamente bem preparado, fatalmente ficará de fora do mercado.

Na primeira questão, estão os equipamentos eletro, eletrônicos e peneumáticos usados para a automação da maioria dos processos produtivos, eliminando tempos, eliminando desperdícios e minimizando a estafa das operadoras, proporcionando um ótimo ambiente de trabalho sem ruídos e sem o calor gerado pelos motores convencionais, além de reduzir o custo da energia consumida em torno de 60%. Na segunda questão, esses equipamentos, através de softwares específicos permitem a eliminação ou controle do desperdicio a níveis que não comprometem o custo final do produto, nivelando a eficiência das operadoras em um mesmo nível, já que as máquinas vão trabalhar em um mesmo ritmo, independente da vontade da operadora.

Obviamente, essa inovação implica em treinamento e reciclagem de Operadoras e Líderes de Produção, além  de  investimento em instalações eletricas, pneumáticas, equipamentos e máquinas. Para tanto é necessário o comprometimento da alta direção da empresa  no sentido de superar todos os percalços que aparecerem no caminho. É preciso lembrar que toda mudança onde o “novo é apresentado” acaba provocando uma resistência a sua aceitação. Saliente-se que essa inovação deve ser implantada, célula por célula de produção, com acompanhamento permanente do Líder de Produção e de um especialista em inserção tecnológica em confecções

O retorno desse investimento é diretamente proporcional ao aumento da produtividade gerada com as inovações, produtividade essa que chegua a mais ou menos 40% num primeiro estágio.(um mês de utilização plena do sistema)

Quando se deve começar essa implantação

  • Quando a empresa sentir necessidade de diminuir custos (aumentar a margem de lucro ou ter margens para negociações)
  • Quando a empresa precisar aumentar sua produção e sua produtividade
  • Quando não houver disponibilidade de mão de obra especializada no mercado (com os equipamentos eletrônicos não precisamos de costureiras e sim de operadoras)
  • Quando a empresa necessitar de encurtar os prazos de entrega. (com a automação, o “lead time’ é reduzido.)

Embora pareça ser um investimento de grande monta, a implantação de sistemas de automação industrial, tornou-se ao longo dos últimos dez anos, o investimento de “chão de fábrica” com maior retorno a curto prazo, pagando-se, na maioria dos casos em noventa dias

M&M Assessoria Técnica para Confecções S/C
Ideias, Trabalho & Ação
Milton Saraiva Mota
Consultor de “chão de fábrica”
mmtec@hotmail.com
55 85 3055 0808 – 55 85 8752 4797
Seguir @mmtec1

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s