Home

            A palavra Crise é definida pelos dicionários como a manifestação de um sentimento (raiva, ternura, choro, paixão, etc), de ruptura de equilíbrio (depressão, nervosa, etc). É também definida como fase difícil, grave, na evolução das coisas, dos fatos das idéias, dos fatos, das idéias.

            É necessário fazer esta definição antes para poder entender o “causo” que vou contar. Na realidade, um fato verídico, acontecido aqui em minha cidade.

Um comerciante de nossa região teve no seu estabelecimento, uma queda de aproximadamente 60 % na venda do produto considerado como carro chefe, conseqüentemente afetando seu faturamento.

Empreendedor que é, resolveu mudar sua estratégia, desenvolvendo outros produtos e novas formas de venda para suprir a receita perdida.

Para atingir seus objetivos precisava comprar alguns produtos diferentes do que vendia em seu comércio. Fomos então a um estabelecimento constatamos que o produto tinha três preços: R$ 5,00, R$ 6,00 e R$ 7,00 .

Solicitamos descontos porque compraríamos uma maior quantidade. O vendedor nos fez respectivamente R$ 4,80, R$ 5,40 e R$ 6,50.

 O comerciante fez então o seguinte questionamento: “Por que no produto de R$ 6,00 você deu 10 % de desconto e nas outras não?” Ele respondeu:“É só o que posso fazer”.

Inquiriu ele novamente: “Escute, tô levando 20 caixas. Me faça, a que custa R$ 5,00, a R$ 4,50 que ainda te compro 20 caixas de outro produto?” Para nossa surpresa, ele respondeu : “Não posso. Se quiser comprar mais barato vá então nos outros estabelecimentos ali da frente. Eles venderão mais barato”.

Dito e feito. Fomos então nos outros estabelecimentos para comprar mais barato. Por azar, uns estavam fechados e os abertos não tinham o produto.

Voltamos a loja para tentarmos negociar com o vendedor. Dissemos a ele que pagaríamos a vista, mas que fizesse pelo menos a R$ 4,60. Então ele olhou pro lado, olhou para o outro, coçou a cabeça, olhou para nós e disse: “Se você não estiver brincando comigo eu faço a caixa a R$ 4,70”. Como a negociação já havia durado demais, estava cansativo, resolvemos que a R$ 4,70 dava pra levar.

Meu amigo comerciante levou a mão no bolso e disse: “Acho que não trouxe dinheiro suficiente. Tenho cheque especial, mas é de outro estado. Recebe?” O vendedor ficou nervoso e sem pestanejar disse: “Aí não! Não vendo!!!”

Um outro companheiro que nos acompanhava, conhecido na cidade, interveio e disse a ele: “Olhe, eu garanto o cheque dele. Pode receber”. Ele respondeu: “Não posso. Prefiro não vender”.

O comerciante então disse: “Estou brincando com você. Te pagarei em dinheiro, e te digo mais. Até chegar aqui, eu não conhecia a tal da CRISE. Conhecendo você, descobri que se ela existe, você é a crise. Conto para o seu patrão à venda que ele perdeu e que você me mandou procurar a concorrência para comprar mais barato ele te põe na rua. Sendo despedido você dirá para todo mundo que o comércio esta em crise, pois perdeu seu emprego. Você é a crise que assola esta cidade”

 

Moral da história.

Caro empresário cuidado com a crise. Ela pode estar dentro do seu negócio e você só saberá quando fechar porque foi atingido pela CRISE.

M & M Assessoria Técnica para Confecções S/C</strong>
Ideias, Trabalho & Ação
Milton Saraiva Mota
Consultor de “chão de fábrica”
mmtec@hotmail.com
55 85 3055 0808 – 55 85 8752 4797

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s